• Jan
    07
    Author: Erick Pessoa

    Ir a Bangcoc e não assistir a um show de dança típica tailandesa seria um fracasso. Essas apresentações costumam acontecer durante um jantar, obviamente com comida tailandesa. Com isso em mente, saímos à procura e encontramos uma oferta feita pelo site inglês Viator, através da operadora South East Tour. A vantagem é que você paga adiantado com cartão de crédito e a operadora envia uma van para buscar e deixar você no hotel após o jantar. Mesmo que esteja em um hotel central em Bangcoc, esteja preparado psicologicamente para gastar um bom tempo no trânsito: Bangcoc tem engarrafamentos de deixar paulistanos com inveja, ainda mais nos horários de rush. A decoração do restaurante é bonita, e, como pede a tradição tailandesa, devemos tirar os sapatos quando entramos na casa de alguém (neste caso, o restaurante). Por isso, por favor, nada de meia furada ou do dia anterior, já que teremos de andar descalços até a mesa. Supostamente deveríamos nos sentar ao chão, mas – acredito que para oferecer conforto a nós, ocidentais – há um vão embaixo da mesa para esticarmos as pernas, mesmo sentados no chão.
    O preço do jantar inclui o show e a refeição, mas sem bebidas, com exceção do cafezinho ou chá ao final. Uma justificativa para isso é o fato de que são oferecidas duas sopas no jantar e, como é muito comum por aqui, as pessoas não costumam beber nada frio durante as refeições, então a sopa seria a “bebida” do jantar. Como bom brasileiro, tive de pedir algo para beber, então lá se foi dinheiro gasto. Não foi algo absurdo, mas com certeza foi mais caro do que normalmente se pagaria em qualquer outro restaurante. A comida foi outra decepção: extremamente simples, para falar a verdade. Não sou um profundo conhecedor de gastronomia tailandesa, mas sei que é necessário ter cuidado com os temperos; mesmo assim, arroz branco e frango grelhado não era o que eu esperava como algo típico tailandês. Além disso, foram servidos uns rolinhos primavera com um recheio desconhecido, verduras fervidas e duas sopas. Uma era a famosa Tom Yam Goong, uma sopa bem apimentada, com camarões, leite de coco, uma raiz estilo gengibre e outros temperos. A outra sopa era um caldo bem ralinho de frutos do mar, quase sem gosto. Sobremesa? Quatro fatias de abacaxi e quatro de melancia, quase passando do ponto. Bem, vamos esquecer a comida e focar na razão principal de estarmos ali: o show de dança. Este é muito bem produzido, com dois telões de cada lado do palco mostrando um pouco da história da dança que será apresentada e o que elas representam. As fantasias são de boa qualidade e a música é ao vivo. O único porém da apresentação toda foi a demonstração de boxe tailandês; muito falso, pior que telequete. Parecia mais um quadro de comédia do que uma luta. Ao final, você pode comprar uma foto sua que foi tirada na entrada do restaurante por 200 bahts (algo em torno de 11 reais) e que vem em uma bela moldura. Também pode tirar fotos com os artistas em suas fantasias, por uma módica gorjeta, claro. No geral, o show é ótimo, com pequenos baixos, mas a comida deixa muito a desejar no sabor e na apresentação. O serviço é ótimo, todos extremamente simpáticos e atenciosos, sempre querendo ajudar, o que é lugar comum na Tailândia em geral, mas só isso não compensa a qualidade do jantar. Endereço: 66 Soi Phiphat (pressuposto) Telefone:  (02) 237-6310,237-7114-1 Custo: Comprado via Viator, fica em torno de 24 euros Como chegar 

    Tags: Bangcoc,Bangkok,dança,dance,dinner,folclórica,folk,Restaurant,Restaurante,Sawasdee,Tailândia,Thai
    Publicado 7th January, 2010 Categoria Bangcoc 0 Comentários Positivo () Negativo ()
  • Deixar um comentário
  • Comporte-se e permanecer no tópico! Seu endereço de email não será publicado.
  • Nome (necessário):
  • Email (necessário):
  • Comentários:
Copyright 2009 - Vivo Viajando | Posts | Comments Design Concept by Tony Wang based on CarbonCMS. XHTML|CSS