• Mar
    04
    Author: Erick Pessoa

    A Europa tem vários símbolos; o Big Ben, a Torre Eiffel, o Parthenon em Atenas e por aí vai mas um que tem uma relevância histórica recente maior que todos o é o Portão de Brandemburgo, em Berlim.

    O mais importante marco de Berlim (e talvez da Alemanha) se encontra ao final do outro ícone da cidade, a avenida Unter Den Linden. Este marco histórico se encontra precisamente na Praça Paris (Pariser Platz) onde ficam as embaixadas dos Estados Unidos e França e descendo a Unter Den Linden, Rússia e Reino Unido.

    Construído em 1791. este portão em estilo greco-romano e em seu top repousa a Quadriga; uma escultura de uma carruagem puxada por 4 cavalos e guiada pela deusa romana Vitória, a deusa representando (supresa) vitória. Em suas colunas, este portão sustenta vários momentos históricos mundiais. Logo após ser completado, Napoleão levou a quadriga para Paris em 1806 como espólio da vitória da França sobre a Prússia. Esta só foi retornada em 1814, quando o exército prussiano invadiu Paris. Em anos mais recentes, foi o símbolo de uma Alemanha dividida e depois foi o símbolo da unificação.

    O portão em si pode ser considerado um bom ponto de partida para vários passeios à pé. Você pode descer a Unter den Linden até chegar em Alexanderplatz com sua Torre da TV, passando por lojas de grifes badaladas, a embaixada russa, a Ópera de Berlim e o Museu Alemão e muitos outros monumentos relevantes. Se você seguir na exata direção oposta, irá passar pelo Tiergarten, chegando na Coluna da Vitória, famosa pelo filme “Asas do Desejo” de Wim Wenders e recentemente palco do discurso de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos. Estando no portão, de frente para a Coluna da Vitória, se você virar à direita, a alguns metros de distância está o Reichtag (parlamento alemão com sua cúpula de vidro) e mais adiante, outros prédios do governo central alemão e a estação principal de trem da cidade. Se você  virar à esquerda, irá passar pelo Memorial do Holocausto e chegar até Potsdamer Platz.

    Hoje em dia vários artistas de rua ficam em frente ao portão, divertindo os turistas assim comos vários eventos grandiosos que ocorrem em Berlim tem o portão como pano de fundo. Mais uma dica; caso esteja dia 31 de dezembro na cidade, o portão é o ponto de encontro para celebrar a entrada do ano novo e ver os fogos de artifício. Se você é interessado em fotografia, também é uma boa idéia vir à noite para ver a iluminação especial da quadriga e seus 12 pilares.

    Se acima de tudo conforto é o que o você procura quando se hospedar em Berlim, na Praça Paris você encontrará o luxuoso Hotel Adlon. Este hotel é onde as celebridades se hospedam quando visitam Berlim, como foi o caso de Obama e Michael Jackson e outras mais. Se você se hospedar, tente pegar o quarto que fica de frente para o  Portão de Brandemburgo, a vista é espetacular.

     

    Tags: Berlim,Portão,Praça Paris,Unter Den Linden
    Publicado 4th March, 2010 Categoria Berlim 0 Comentários Positivo Negativo
  • Aug
    07
    Author: Erick Pessoa

    Uma das coisas que funciona como um relógio aqui – bem melhor que em Londres, diga-se de passagem – é o sistema de transporte público. Por todo esse tempo que moro aqui em Berlim, pouquíssimas vezes eu realmente senti falta de um carro pois o transporte público chega a praticamente todos os lugares que eu queira ir. Tudo aqui é interconectado. Você compra um bilhete na estação de trem e este serve para metrô, ônibus e bonde. Aqui também tem algo muito pitoresco que nunca vi em nenhuma outra cidade; não existe catraca em lugar algum. Você entra no trem sem passar por nenhuma roleta ou fiscal, algo incrível que só funciona com um povo civilizado. Mas não ache você que só por isso todo mundo é certinho não. O que fazem aqui é interessante. Você não passa por roletas mas volta e meia tem fiscais dentro dos trens à paisana e se te pegarem sem o ticket, você morre em 40 euros e aqui não tem “mas eu não sabia!” , “eu sou turista” ou qualquer outra desculpa; tem que pagar na hora. Por isso vou passar para vocês umas dicas que aprendi aqui e que juro fazem TODA a diferença. Você aqui em Berlim não paga por entrada e saída de estação. Você paga por viagem. Existem vários tipos de tickets para serem comprados. Estes são: – A cidade é dividida em 3 zonas; A, B e C. Raramente você precisará de um bilhete que abranja as 3 regiões. A única coisa para turista que fica na região C é o aeroporto Schõnefeld e caso você queira visitar a cidade de Potsdam. O resto todo fica nas regiões A e B. – Um bilhete para a Zona AB pode ser Einzelfahrschein (Bilhete Simples) e Tageskarte (Bilhete para o dia todo) . A diferença é simples: O bilhete simples é para uma viagem apenas em uma direção com duração de 120 minutos. Atenção para o detalhe da direção e duração; se você, por exemplo está indo do Oeste para o Leste, você pode pegar quantos trens/ônibus/bondes quiser, desde que seja sempre nesta direção e que no máximo para isso leve 120 minutos. Você pode parar no meio do caminho, fazer uma boquinha, ir no super e voltar para a sua viagem sem problemas, desde que mantenha a direção original. Se você voltar uma estação sequer e for pego, multa de 40 euros. O preço deste ticket são 2.10 euros. O Tageskarte é o que recomendo de você vai fazer mais que duas “ida-e-voltas” no dia. Ele vale do momento que você valida (vou explicar em breve isso) até às 3 da manhã do dia seguinte. Atenção à isso também. Tive uma amiga que comprou um bilhete às 14:00 e teve que pagar uma multa pois estava us ando o bilhete no dia seguinte as 11:00 AM. O bilhete não é de 24 horas! O valor dele é de €6.10 – Ainda existem mais dois tipos de bilhetes relevantes mas menos utilizados: Fahrschein für Kurzstrecken eAnschlussfahrschein. O primeiro vale para viagens curtas, no máximo 3 estações de trem ou de metrô ou então não mais que 6 paradas de ônibus e custa €1.30. Anschlussfahrschein é uma extensão do bilhete para uma terceira zona, por exemplo no dia que você quiser ir à Potsdam mas já tem um bilhete comprado, em vez de comprar um novo bilhete, você compra essa extensão de €1.40. - Logicamente se você for ficar uma semana ou mais, existem tickets de 1 semana, 1 mês e até 1 ano e todos com desconto, não como no metrô do Rio que o bilhete de 10 viagens é igual ao bilhete unitário vezes 10. Eu compro, por exemplo, o mensal (€72) pois uso os trens, pelo menos 2 vezes por dia para ir e voltar do meu curso. - Existem descontos para estudantes universitários. Até dezembro do ano passado, havia descontos para alguns cursos de idiomas mas não mais. - Se você decidir alugar uma bike e quiser levá-la no trem, sem problemas, mas ela paga. Ué? Surpreso? Ela ocupa espaço, oras! Por isso tem que pagar um bilhete para ela também e não é barato não! Uma viagem com o “camelo” fica €1.50 mais caro. - Você compra os seus bilhetes nas máquinas que normalmente ficam na plataforma. Quando for do metrô (BVG), são máquinas amerelinhas. Nas plataformas de trem (S-Bahn) são máquinas vermelhas e prateadas. Todas elas oferecem o menu em inglês e espanhol. É só clicar nas bandeirinhas no rodapé da tela. Elas aceitam moedas e notas mas não cartão de crédito. Nas principais estações você também pode comprar em guichês seus bilhetes. - No ônibus você tem que apresentar o seu ticket ao motorista. Se você não o têm, você compra com ele. No bonde existem máquinas dentro para se comprar o bilhete e não se precisa validar se comprar no bonde.
    Agora o mais importante de tudo. Comprar apenas o seu bilhete não basta. Você tem que VALIDAR. Vou repetir,VALIDAR.Várias e várias vezes eu vi turistas terem que pagar a maldita multa por não terem validado os bilhetes. Até compram, mas não carimbam o dito e aí já era. Em todas as plataformas tem umas máquinas onde se insere o bilhete para esse ser carimbado com a hora e estação que você embarcou. Tem até uma certa lógica já que tem bilhetes que limitam horário e direção. Como essa é uma modalidade que não existe em outros países, levei um tempo para me acostumar. Ufa! Acho que cobri tudo que sei sobre este tema. Não deixem de planejar seus percursos no site da BVG. Lá você nem precisa saber qual estação tem que ir. Basta apenas dizer o endereço de onde você está e para onde você quer ir. O site indicará o melhor meio de transporte para o horário que você quer sair ou chegar. Se você for modernex, tem um app legal para o iPhone chamada Berlin Trip Planner que faz o mesmo que o site da BVG faz (inclusive é autorizada pela mesma para fazer isso). Link para a iTunes Store. - Translated by Cláudia Belhassof 

    Tags: Berlim,Berlin,BVG,metr,s-bahn,trem,u-bahn
    Publicado 7th August, 2009 Categoria Berlim 2 Comentários Positivo Negativo
  • Jul
    14
    Author: Erick Pessoa

    Torre da TV Imponente símbolo da cidade de Berlim, a Torre da TV está localizada em um dos pontos mais movimentados da cidade, Alexanderplatz. Finalizada em 1969 como um símbolo de poder do regime comunista que tinha Berlim como sua capital, a torre até hoje é o ponto mais alto da cidade e do alto de sua “bola” de observação, podemos ter uma visão privilegiada da capital alemã. Até hoje, quando se entra em seu hall principal podemos sentir um pouco daquele ar socialista através de sua decoração que não se modernizou muito desde os tempos onde um jantar em seu restaurante panorâmico era um evento social de alto nível da sociedade berlinense.

    Por 10 euros, você poderá subir até o deck de obervação à 204 metros de altura e em um dia de céu limpo poderá ver até 42 km de distância, enxergando até o aeroporto Tegel, por exemplo. Assim sendo e até pelo custo, se você gosta de ver uma cidade pelo alto, aqui é sem dúvida onde tem que ir em Berlim, deixando de lado torres de igrejas e afins. O deck conta com placas explicando exatamente o que se é possivel ver através de cada janela específica, facilitando assim o reconhecimento de várias construções relevantes.

    Acima do deck de observação existe o restaurante chamado Telecafé que passou por um “revamp” há pouco tempo para tirar a má fama de ser careiro e qualidade não muito das melhores. Caso a refeição não seja de seu agrado, ao menos você terá uma visão privilegiada de Berlim uma vez que o restaurante está em constante rotação, completando uma volta em 30 minutos. Se você levar em conta que no verão o sol se põe por volta das 10 da noite, não deixa de ser um programa bem interessante jantar e ver o pôr-do-sol. Reservas podem ser feitas através do site oficial.

    Sitehttp://www.tv-turm.de/en/index.php

    Endereço: Panoramastr. 1a
    Tel: 030 247575-0
    Funcionamento: Março à Outubro – 9:00 AM à meia-noite / Novembro à Fevereiro – 10:00 AM à meia-noite
    Preço: Adulto – €10,00
    Criança (Até 16 anos) – €5,50

    Como chegar

     

    Tags: Berlim,Berlin,Fernsehturm,Torre da TV,TV Tower
    Publicado 14th July, 2009 Categoria Berlim 0 Comentários Positivo Negativo
  • Jun
    13
    Author: Erick Pessoa

    Uma dica fashion de restaurante aqui em Berlim é o Monsieur Voung, um restaurante vietnamita que fica no bairro fashion de Hackescher Markt. Não é um restaurante grande nem tem uma carta de menu grande, na verdade, deve ter no máximo uns 10 pratos e olhe lá e metade deles mudam diariamente.  A idéia com isso é sempre oferecer pratos bem frescos, já que a maioria dos pratos vietnamitas são altamente baseados em verduras.

    O ambiente é descolado e moderninho mas não muito confortável. Os bancos são quadrados de madeira e sem encosto. A minha teoria é que para isso as pessoas não fiquem muito tempo pois a rotatividade é enorme, tanta que nem reserva eles aceitam. Isso não desmerece a qualidade da comida. Mesmo eu que sou cheio de frescuras para comer, não conseguindo comer nada muito apimentado e não sendo fã de verduras, eu consegui encontrar algo e o bom que como não são pratos assim super elaborados, o serviço é bem rápido.

    Uns pratos vietnamitas do Monsieur Vuong.

    Não é um restaurante barato mas também não é caro e a comida é o suficiente para te deixar satisfeito (mas não para dividir um prato). O bom que ali aceitam cartões de crédito, o que não é muito normal aqui em Berlim. Talvez pelo grande fluxo de estrangeiros naquele bairro, também oferece um menu em inglês. Outra boa pedida lá são os sucos e misturas de frutas com hortelã, leite de côco e etc. Essas eu achei meio carinhas para o tamanho do copo mas…. vale pela experiência. 

    Se for lá, não deixe de se perguntar por que raios tem um poster gigante de um vietnamita marombado na parede (vide imagem neste post, que digitalizei do cartão postal que eles nos dão). Presumo que seja o Mr. Vuong.

    Alte Schönhauser Str. 46
    10119 Berlin, Germany
    Tel: +49-30-99296924 (não aceitam reservas)
    site:  monsieurvuong.de

    Como chegar.

    texto originalmente publicado no site Pessôa em Berlim.

    Tags: erlim,Berlin,Monsieur Vuong,Restaurante,Vietnamita
    Publicado 13th June, 2009 Categoria Berlim 0 Comentários Positivo Negativo
  • Mar
    05
    Author: Erick Pessoa

    Fachada do museu de Artes Decorativas

    Este museu faz parte do Kulturforum, juntamente com a Gemäldegalerie (Galeria de Artes), museu de desenhos e impressos e a biblioteca de arte. Reunindo artes decorativas desde a Idade Média até aproximadamente os anos 60 com objetos de arte, centros de mesa, porcelana, relicários, mobiliário e utensílios domésticos, é o mais antigo da Alemanha neste gênero.

    Não é um museu muito grande (até porque parte do acervo está em Köpenick) então em menos de duas horas é possível ver todo seu acervo, que sinceramente é interessante mas nada de extraordinário. Os braços-relicários e o Domo-Relicário góticos da coleção Welfenschatz são interessantes, assim como a coleção de porcelana Meißen e KPM, ambas renomadas fábricas alemãs do período barroco.

    Domo Relicário (1175-80) do Tesouro de Guelph. Fonte: SMB

    No final das contas é um museu que não empolga, algo que foi surpreendente pois no guia Eyewitness Travel da cidade de Berlim (conhecido como Guia Folha no Brasil) são 4 páginas dedicadas à ele, o mesmo número que a Gemäldegalerie tem sendo que lá existem obras de grandes mestres da pintura, além de oferecer milhares de obras primas. Talvez por serem um próximo ao outro, o guia resolveu dissecar pois com certeza existem outros museus bem mais interessantes em Berlim, como o Zeughaus (O Museu Histórico Alemão). Mas se você é fã de objetos de porcelana, então este museu pode ser bem interessante para se visitar.


    Informações Úteis:

    Horário de Funcionamento:
    3a a 6a das 10:00 às 18:00
    Sábados e Domingos das 11:00 às 18:00

    Preço:
    €8,00 (meia entrada para estudantes)

    Site: http://www.smb.museum/smb/sammlungen/details.php?lang=en&objID=7&p=0

    Como Chegar

    Tags: Berlim,Berlin,Kunstgewerbemuseum,Museu,Museu de Artes Decorativas
    Publicado 5th March, 2009 Categoria Berlim 0 Comentários Positivo Negativo
Copyright 2009 - Vivo Viajando | Posts | Comments Design Concept by Tony Wang based on CarbonCMS. XHTML|CSS